Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Home
Início do conteúdo da página
Artigos

Fórum de Investimentos Brasil 2017 busca investimento e crescimento econômico

O superintendente da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Paulo Roberto Correia, participa do “FIB 2017: Oportunidades Únicas de Negócios em um Novo Momento do Brasil”, em São Paulo, nos dias 30 e 31 deste mês. Com a abertura realizada pelo presidente Michel Temer, o evento é promoção do governo federal e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que recebem investidores de mais de 42 países e de 22 setores da economia para o “Fórum de Investimentos Brasil 2017”. O evento conta com mais de 1.500 executivos inscritos. Participam representantes de companhias sediadas na China, Estados Unidos, Japão, Reino Unido, Alemanha e outros países.

“Oferece-se no nosso País uma oportunidade extraordinária para investimentos, nacionais e estrangeiros”, diz o presidente Temer. Para ele, o FIB tem um ponto de debate único para investidores nacionais e estrangeiros conhecerem os potenciais negócios no Brasil, que inclui concessões e privatizações. Além disso, estão sendo apresentadas as reformas econômicas realizadas e em andamento, visando a estimular o investimento e o crescimento.

Para o Superintendente da Sudam, Paulo Roberto Correia, esse tipo de evento torna-se fundamental para a atração de novos investimentos. “O fortalecimento da relação entre autoridades governamentais e executivos de empresas, fortifica o network, aumentando a possibilidade de novos negócios, além da promoção e apresentação das nossas potencialidades”, afirma.

Os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, e das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, estiveram presentes no primeiro dia do Fórum, logo depois da abertura, em sessão especial debatendo o ambiente internacional e econômico e as reformas no País. “O Brasil está passando por um momento especial de transformações na área econômica. São várias ações do governo e da sociedade que geram uma nova situação de estabilidade na economia, tanto na área fiscal quanto na área monetária”, diz o ministro do Planejamento.

O Fórum promove reuniões entre autoridades governamentais do Brasil e executivos de empresas privadas. Nos encontros, são detalhados o marco regulatório de cada setor e também o quadro de segurança jurídica para os investimentos. O Fórum conta com painéis, mesas-redondas e sessões de debate que vão apresentar aos investidores privados informações detalhadas sobre setores com sólido potencial para desenvolvimento no País, tais como infraestrutura, energia, agronegócio, saúde e biotecnologia. Mais de 60 palestrantes, entre ministros e técnicos do governo, congressistas, analistas, e presidentes de bancos trocam informações e conhecimento.

 

Texto: Ascom Sudam

Foto: Divulgação

Publicado em: 01/06/2017

Fim do conteúdo da página